O que é OKR: significado, definição e exemplos

Todas as empresas têm sonhos e a estrutura OKR garante que você não só tenha metas claras, mas saiba como atingi-las.

Imagem decorativa

Significado de OKR

Se você e sua equipe estão usando metas definidas e listas de tarefas, então vocês precisam conhecer os OKRs. Desenvolvida por Andy Grove, ex-diretor executivo da Intel, a estrutura OKR permite definir metas e depois avaliá-las. OKR, do inglês, significa “Objetivos e resultados-chave”, ou seja, seu objetivo e os resultados que servem como passos para chegar a ele com sucesso. Seu objetivo é o que você deseja alcançar, e seu resultado-chave é o que precisa ser feito para alcançá-lo.

Histórico de OKR

Originalmente concebido por Grove, ele fundamentou os OKRs no trabalho de Peter Drucker, agora tido como um dos principais fundadores das técnicas modernas de gerenciamento, que criou a "APO", ou "Administração por objetivos" (do inglês, Management by Objectives, MBO). Os OKRs foram popularizados pelo investidor de risco John Doerr, também funcionário da Intel, que cunhou o termo OKR depois de ouvir a palestra de Grove sobre o assunto.

Depois de deixar a Intel, Doerr apresentou a estrutura OKR a uma pequena start-up chamada Google, onde serviu como ferramenta vital para transformar a start-up em uma das empresas mais bem-sucedidas do mundo. Muitas outras empresas extremamente bem-sucedidas adotaram a metodologia OKR. Doerr então escreveu “Measure What Matters”, onde detalha o poder da estrutura.

Qual é a diferença entre OKR e APO?

Embora os OKRs derivem da APO, as seguintes diferenças significam que os OKRs podem afetar uma equipe de uma maneira completamente diferente:

  • As verificações de um OKR são trimestrais, não anuais como as da APO
  • Os objetivos da APO são para cada indivíduo, não para uma equipe geral como os OKRs
  • OKRs são sempre medidos em números, por exemplo, por dólar, por porcentagem, etc. As pontuações da APO podem assumir uma variedade de formas
  • A APO tem impacto direto na remuneração, os OKRs não

Você provavelmente já experimentou o cenário da APO em sua avaliação anual de trabalho e nos indicadores-chave de desempenho (KPIs). Os objetivos são definidos no início do ano, compartilhados apenas com você e seu gerente. Você trabalha arduamente para atingir esses objetivos e, dependendo de seu desempenho em alcançá-los, recebe algum tipo de remuneração.

Os OKRs retiram o foco do indivíduo e dos objetivos adaptados a uma única pessoa e captam uma visão geral da equipe, planejando objetivos do projeto que criam resultados mensuráveis. Nos escritórios modernos, a APO pode parecer obsoleta, até mesmo desmotivacional. Ela pode até impactar negativamente a cultura da empresa se você tiver sempre sugerido que “o indivíduo é tão forte quanto sua equipe”, ou seja, até a época do bônus.

Continuando com este tema orientado pela equipe, os OKRs usam uma estrutura de cima para baixo de gerenciamento em cascata que vincula os resultados dos membros mais seniores da equipe com os mais juniores.

Exemplos de OKR

John Doerr oferece vários exemplos de OKRs. Para um exemplo de objetivos de cima para baixo, ele usa o cenário de OKR de um time de futebol.

Objetivo: ganhar a Copa do Mundo

  • Resultado-chave 1: taxa média de gols marcados de 2,0 ao longo do campeonato
  • Resultado-chave 2: taxa média de gols sofridos de 0,5 ao longo do campeonato
  • Resultado-chave 3: taxa de posse de bola de 75%

Com os objetivos definidos pelos cargos mais altos, isso significa que os OKRs do treinador ofensivo devem refleti-los em seus próprios OKRs:

Objetivo: gerar 700 metros de passes de ataque por jogo

  • Resultado-chave 1: taxa de passes certos de 85%
  • Resultado-chave 2: taxa de chutes a gol de 80%
  • Resultado-chave 3: taxa de conversão de pênaltis de 100%

Claro, ninguém pode entrar em um jogo, ou em qualquer aspecto da vida, esperando 100% de sucesso, mas o segredo aqui não é ficar rigidamente preso em alcançar esses resultados, mas em saber claramente quais resultados você precisa. A clareza sobre o objetivo da equipe mantém todos mutuamente motivados e no caminho certo. Afinal, não saber o que precisa ser feito, ou não estar certo sobre como chegar lá pode causar estresse, procrastinação e uma equipe muito infeliz.

Curiosamente, os OKRs não precisam ser baseados em trabalho. A estrutura é perfeitamente aplicável aos objetivos pessoais também. Doerr usa o seguinte:

Objetivo: dedicar tempo para passar com a família

  • Resultado-chave 1: chegar em casa para jantar às 18h
  • Resultado-chave 2: desligar a internet para eliminar distrações

O que são OKRs aspiracionais?

Nem todos os OKRs têm comprometimento, isso significa objetivos que você, sua equipe e sua empresa concordaram em trabalhar em conjunto. Alguns são aspiracionais, também conhecidos como objetivos audaciosos ou inovadores. Esses objetivos não estão destinados a serem concretizados, no sentido de que você não ter de literalmente alcançá-los, mas são projetados para realmente impulsionar sua equipe.

Como diz Larry Page, um dos fundadores do Google, “se definir uma meta louca e ambiciosa e não atingi-la, você ainda conseguirá algo notável”. Não se predisponha ao fracasso. Em vez disso, esteja disposto a impulsionar suas habilidades, afinal, metas fáceis de serem alcançadas provavelmente têm um impacto mínimo.

Você pode abordar o mesmo conceito, mas ter um OKR comprometido e um OKR aspiracional, de modo que as tarefas essenciais sejam realizadas e você veja sempre o cenário geral:

Objetivo: tornar-se um freelancer de sucesso

  • Resultado-chave 1: pesquisar e configurar um site até janeiro
  • Resultado-chave 2: aumentar uma base de clientes de pelo menos 10 clientes até maio
  • Resultado-chave 3: ver um aumento de 10% nos meus ganhos atuais até junho

Para um objetivo aspiracional, você pode alterar isso para:

Objetivo: tornar-se o número 1 no ranking do Google de “Freelancer de Nova York”

  • Resultado-chave 1: envolver-se em pesquisa e otimização de palavras-chave
  • Resultado-chave 2: técnicas perfeitas de SEO e divulgação
  • Resultado-chave 3: aparecer na primeira página do Google até o final do mês

Começando do zero, é improvável que você vá para a primeira página em questão de semanas, mesmo que você tenha uma equipe inteira de especialistas atrás de você, até porque, o Google nem sempre funciona assim. Mas a ideia aqui é que você saiba como chegar lá, independentemente de ser um objetivo realista, então qualquer passo que der nesse sentido, resultará em novos conhecimentos, maior compreensão e ferramentas necessárias para chegar mais perto desse objetivo.

O trabalho em equipe faz o sonho se realizar

Então, se você está prestes a adotar OKRs, você precisa ter certeza de que os membros da sua equipe estão tão comprometidos quanto você. Afinal, os OKRs devem ser vistos como uma estratégia da empresa, não como uma ferramenta de gerenciamento de tempo para um membro da equipe sozinho. O Dropbox Paper permite que você crie listas de tarefas e execute o gerenciamento de tarefas a partir de um único documento, disponível para toda a equipe. Todos podem permanecer em sintonia em relação a qual é o objetivo, não apenas os diretores da empresa mas também todos abaixo deles, para que seu objetivo seja visto como uma iniciativa de toda a empresa e não um esforço pessoal.

Elimine contratempos como arquivos perdidos e revisões, o Dropbox coloca tudo em um só lugar, para que haja menos administração, menos distração e menos estresse consumindo sua motivação. Ter as ferramentas de produção corretas e permitir uma colaboração perfeita é vital para envolver sua equipe e encarar um objetivo compartilhado. O Dropbox garante que ninguém fique para trás.

Descubra uma maneira melhor de trabalhar em conjunto.

Introdução ao Dropbox Business