Como sincronizar arquivos do iPhone com iPad

Descubra as melhores maneiras de garantir que todos os seus arquivos permaneçam sincronizados em todos os seus dispositivos Apple.

Uma visualização dos aplicativos do Dropbox para dispositivos móveis e desktop

Por que devo sincronizar meu iPhone com meu iPad?

Já é bastante complicado coordenar e gerenciar os arquivos no seu computador e smartphone. Adicionar um tablet a esse conjunto é como se de repente você estivesse navegando em seu próprio labirinto digital. A única coisa que você quer é conseguir acessar facilmente qualquer um de seus arquivos usando qualquer um de seus dispositivos, mas transformar esse sonho em realidade sem uma ajuda pode ser uma tarefa desafiadora.

Sincronizar um iPad ou iPhone com um computador é bastante simples, mas sincronizar os dois juntos pode ser mais complicado. Vamos dar uma olhada em algumas das razões para você sincronizar seu iPhone com seu iPad.

Um iPad é muito mais do que apenas um iPhone maior. Há muitas razões pelas quais você pode usar um em vez do outro dependendo da tarefa a realizar, por isso a necessidade de ter os mesmos arquivos acessíveis nos dois dispositivos.

Por exemplo, se você for um ilustrador vai achar muito mais fácil desenhar na superfície maior do iPad. No entanto, depois de criar sua obra-prima, você vai querer compartilhá-la com o mundo no Instagram. Como o Instagram em um iPad não oferece a experiência de usuário mais fluida, você vai preferir usar o aplicativo no seu telefone. Talvez seja o contrário: a câmera é melhor no iPhone, mas você prefere editar vídeos no iPad.

Não se trata apenas de poder alternar facilmente entre dispositivos sem perder o fio da meada. Trata-se de conseguir acessar seus arquivos, não importa onde você esteja. Embora seja provável que carregue seu telefone aonde quer que vá, provavelmente há momentos em que você não tem seu tablet à mão. Você quer ter certeza de que todos os seus arquivos, sejam do trabalho, fotos, músicas etc., fiquem facilmente acessíveis, seja qual for o dispositivo que estiver usando.

Também é uma questão de organização. Abrir várias pastas em vários dispositivos para encontrar aquela foto que você precisa é uma tarefa muito demorada e desnecessária. É mais eficiente ter todos os arquivos reunidos em um só lugar que pode ser acessado de todos os dispositivos.

Alguns dos arquivos que você quer que estejam acessíveis de qualquer dispositivo incluem:

  • Suas fotos e vídeos: já se foi o tempo em que você enchia sua carteira com fotos de família. Ter todas as suas fotos em todos os seus dispositivos significa ter sempre com você suas preciosas recordações, aonde quer que vá.
  • Seu trabalho: hoje em dia, nossa vida profissional não está restrita a uma mesa em um escritório. Ter arquivos de trabalho à mão, seja no iPhone ou no iPad, significa nunca ter que se preocupar em participar de uma reunião importante sem os documentos necessários, ou receber uma solicitação urgente de arquivos quando você estiver longe da sua mesa de trabalho.
  • Seus apps: sincronizar aplicativos em seu iPhone e iPad também é útil. Os aplicativos podem diferir entre tablet e smartphone, e você quer aproveitar os recursos exclusivos de cada um.
  • Seus arquivos pessoais: fora os documentos de trabalho, provavelmente você tem arquivos pessoais que gostaria de ter disponíveis em seu dispositivo móvel e no seu tablet. Coisas como digitalizações de documentos de identidade e cartões de seguro são importantes para ter ao seu alcance, caso precise fazer repentinamente uma reserva, um pagamento ou um agendamento.
  • Senhas e detalhes de contas: você pode economizar tempo garantindo que todos os seus dispositivos tenham os detalhes de contas e senhas salvas para que, seja qual for aquele que estiver usando, você consiga fazer login rapidamente.
  • Suas músicas: se preferir ter uma biblioteca de músicas em vez de serviços de streaming como o Spotify, seria útil ter acesso a todas as suas músicas em todos os seus dispositivos, independentemente de um dispositivo estar ou não conectado à sua conta do iTunes.
  • Seus contatos: faz sentido ter todos os seus contatos juntos, para não ser necessário pesquisar vários dispositivos para encontrar os detalhes de que precisa.

Sincronizar seu iPhone e seu iPad não é tão simples quanto sincronizar qualquer um deles com o seu computador. Além disso, a Apple não produz nenhum cabo que conecte iPads com iPhones, então, para fazer isso, você precisará usar a internet.

Como sincronizar o iPhone com o iPad sem cabos, usando o iCloud

Infelizmente, usar o iCloud para sincronizar tudo instantaneamente não é tão simples quanto você gostaria. Para fazer isso, você precisará usar o aplicativo Ajustes em ambos os dispositivos e decidir manualmente quais aplicativos e conteúdo deseja sincronizar.

Etapas para sincronização:

  1. Primeiro, certifique-se de que fez login na mesma conta do ID Apple em ambos os dispositivos e certifique-se de que ambos os dispositivos têm o Wi-Fi ativado. Na seção iCloud do aplicativo Ajustes, há uma lista de aplicativos que podem ser sincronizados em todos os dispositivos e você pode ativar ou desativar a sincronização individualmente.
  2. Depois, vá para a seção Senhas e Contas em Ajustes para se certificar de que ambos os dispositivos têm as mesmas contas de e-mail vinculadas.
  3. Certifique-se de que todas as configurações correspondam em ambos os dispositivos.

Com todas as suas configurações ajustadas, qualquer alteração feita em um aplicativo sincronizado será atualizada em todo o painel. Por exemplo, se você adicionar uma entrada de calendário ao iPhone, o calendário do iPad será atualizado de acordo.

É importante notar que o método acima permite sincronizar dados específicos do aplicativo entre seu iPhone e iPad, mas não sincronizar todo o conteúdo completamente. Se já estiver usando ambos os dispositivos e tiver arquivos diferentes salvos em cada um, não será possível mesclá-los instantaneamente. Se quiser sincronizar tudo de uma só vez, você precisará restaurar um dispositivo para suas configurações de fábrica, excluindo todo o conteúdo no processo.

No entanto, se um dos seus dispositivos for novo, será mais fácil replicar o conteúdo do outro dispositivo criando um backup do iCloud do dispositivo de origem e restaurando esse backup no novo dispositivo quando o configurar. Isso sincronizará quase todos os dados entre os dois dispositivos, exceto os arquivos já armazenados no iCloud (por exemplo, Contatos, Notas, Fotos do iCloud, Mensagens), as configurações do Touch ID e do Apple Pay e da Biblioteca de Música do iCloud.

As fotos do iCloud e a Biblioteca de Música do iCloud são partes separadas do iCloud que você precisará ativar manualmente. No entanto, há algumas desvantagens em usar o iCloud para sincronizar fotos, vídeos e músicas em todos os dispositivos, que falaremos abaixo.

Os problemas de usar o iCloud para sincronizar iPhone e iPad

Embora você possa supor que o iCloud seja a maneira mais confiável de sincronizar seu iPad e iPhone, esse não é necessariamente o caso. Como mencionamos, o processo não é tão perfeito como você poderia esperar, especialmente se já existir conteúdo diferente em cada dispositivo.

Além disso, o iCloud não é o serviço mais fácil de usar se você estiver usando um dispositivo que não seja da Apple. Manter tudo no iCloud pode ser um problema se você tiver de mudar para um dispositivo Android inferior ou se seu computador não for um Mac. Ainda é possível usar o iCloud em certa medida em dispositivos que não sejam da Apple, mas há limitações.

Embora o armazenamento do iCloud ofereça 5 GB de espaço livre, esse espaço é usado não apenas para arquivos pessoais, mas também para outros arquivos grandes, como backups, por isso ele é rapidamente ocupado. Quando você fica sem espaço livre no iCloud, manter os dispositivos sincronizados torna-se inviável.

Ao usar o Fotos do iCloud, você tem duas opções para decidir como as fotos devem ser armazenadas no dispositivo. Se selecionar “Otimizar Armazenamento”, suas fotos serão salvas no iCloud, mas versões com qualidade inferior ainda serão armazenadas no dispositivo, o que significa que suas fotos ainda ocuparão espaço mesmo usando o iCloud. Se você selecionar "Baixar e Manter Originais", suas fotos permanecerão salvas com a qualidade original no celular e no iCloud, não economizando nenhum espaço.

Independentemente da opção escolhida, com as Fotos do iCloud, se excluir uma foto do iPhone ou iPad, ela também será excluída do iCloud, e vice-versa, o que pode fazer com que você perca acidentalmente fotos e vídeos importantes.

A Biblioteca de Música do iCloud apresenta riscos semelhantes. Ela não é compatível com o Compartilhamento Familiar, o iCloud foi projetado principalmente para uso pessoal, portanto, há limitações para compartilhamento e colaboração em arquivos. As coisas também podem se complicar se você estiver tentando carregar músicas duplicadas ou músicas não baixadas do iTunes. Como no Fotos do iCloud, pode ser difícil decifrar quais arquivos são armazenados localmente ou na nuvem e, se você tiver músicas diferentes baixadas em cada dispositivo, mesclá-las pode ser uma tarefa entediante.

Convém manter certas coisas sincronizadas usando o ID Apple. Você ainda pode sincronizar contatos do iPhone com o iPad, e itens como seu calendário, notas e aplicativos, mas para suas mídias e documentos pessoais, existem outras opções melhores que permitem um gerenciamento de arquivos mais flexível e automático.

Solução: usar o Dropbox para sincronizar iPhone e iPad

A maneira mais fácil de garantir que seu iPhone e iPad permaneçam sincronizados seria usar o Dropbox como seu principal meio de armazenamento. Com o aplicativo do Dropbox para iOS, você pode transferir seus arquivos do iPhone ou iPad diretamente para o Dropbox.

O Dropbox conterá todos os seus arquivos, que você pode acessar facilmente em qualquer dispositivo com uma conexão à internet. Além de ganhar mais flexibilidade com o Dropbox, você economizará muito espaço no seu dispositivo. É possível manter todos os seus arquivos armazenados na nuvem e apenas baixar arquivos para o seu dispositivo se precisar editá-los ou se precisar deles temporariamente disponíveis off-line. Você pode até editar arquivos do Microsoft Office diretamente pelo aplicativo do Dropbox para iOS, para que não precise armazená-los localmente enquanto trabalha neles.

Você também pode ativar os envios da câmera. Isso permite que o Dropbox faça envios de fotos mesmo com o aplicativo fechado, para que você possa excluí-las do seu dispositivo completamente quando estiverem seguras na nuvem.

O recurso de recuperação de arquivos significa que não há risco de excluir uma foto ou música do iPhone e perdê-la completamente como haveria se você usasse o iCloud. O Dropbox torna o compartilhamento e a colaboração em arquivos mais fáceis do que nunca.

Você também pode usar o Dropbox como sua biblioteca de fotos. Dessa forma, não só seus arquivos serão sincronizados entre o iPhone e o iPad, mas você também poderá acessá-los a partir de qualquer dispositivo com conexão à internet.

Acesse o Dropbox no aplicativo Arquivos no iPhone e iPad

Todos os dispositivos iPadOS e iOS vêm com o aplicativo Arquivos da Apple pré-instalado. Sempre que você cria ou baixa um arquivo no iPhone ou iPad ele é salvo no aplicativo Arquivos, quer esteja armazenado localmente ou na nuvem. O que talvez você não saiba é que suas pastas do Dropbox são adicionadas automaticamente ao aplicativo Arquivos, para que você possa acessar todos os seus arquivos de um só lugar.

Ter o Dropbox nos Arquivos torna mais fácil do que nunca manter seus arquivos na nuvem, além de ainda permitir acesso rápido e fácil. Também é fácil mover arquivos do seu dispositivo ou do iCloud para o Dropbox por meio do aplicativo Arquivos.

Obtenha o Dropbox no aplicativo Arquivos:

    1. Baixe o aplicativo para iOS do Dropbox na loja de aplicativos.

    2. O aplicativo Arquivos criará automaticamente uma pasta do Dropbox em “Locais”. 

    3. Sua pasta do Dropbox permanecerá no aplicativo Arquivos e continuará sendo atualizada automaticamente, desde que você tenha o aplicativo do Dropbox no seu telefone.

Com o aplicativo Arquivos, você pode navegar, visualizar, baixar, copiar, mover, renomear e editar arquivos em seu Dropbox e enviar arquivos diretamente para sua pasta do Dropbox a partir de aplicativos compatíveis.

Evite o incômodo e as restrições da sincronização pelo iCloud. Movendo seus arquivos do iPad e do iPhone para o Dropbox, você poderá acessá-los não apenas desses dois dispositivos, mas de qualquer dispositivo que fique on-line.

Sincronize seu iPhone e iPad para ter mais versatilidade

Saiba mais