O que é o estado de flow?

O estado de flow é a arte e a ciência de colocar sua equipe totalmente centrada.

Uma pessoa em estado de flow

Entrando no flow

O estado de flow é um estado mental caracterizado por uma sensação de imersão e concentração completas em uma atividade, tornando o processo satisfatório e agradável. Você já pode ter notado algo assim quando o tempo voa e você e sua equipe estão totalmente centrados durante o trabalho. No entanto, a teoria do flow sugere que o flow não é apenas uma coisa espontânea que acontece: é possível criar ativamente o ambiente perfeito para alcançar o estado do fluxo. O que é uma ótima notícia para gerenciamento de tempo, gerenciamento de projetos, espírito de equipe e praticamente tudo o que você quer alcançar na vida.

Teoria do flow: uma história muito rápida

Flow foi um nome cunhado pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi em 1975, depois de observar artistas que eram capazes de ficar tão envolvidos em seu trabalho que ignoravam, ou simplesmente não eram afetados pela necessidade de comer, beber ou dormir.

Em uma recente palestra no TED, Csikszentmihalyi chegou a sugerir que o flow oferece uma “experiência otimizada” de qualquer tarefa que esteja à mão, levando a níveis mais elevados de satisfação. É considerado uma parte da psicologia positiva, como um estado de espírito incrivelmente benéfico que impacta positivamente todo o estado de ser humano.

O que é a psicologia do flow?

Então, exatamente o que é estar em “estado de flow?” Csikszentmihalyi descreve os seguintes elementos como sinais indicadores de um estado de flow, independentemente da cultura, educação, localização e assim por diante:

  • Concentração intensa
  • Uma união da ação e da conscientização
  • Uma perda de autoconsciência
  • Uma sensação de que o engajamento em tarefas é fácil
  • Um forte senso de controle sobre a tarefa em mãos
  • Uma sensação distorcida de tempo/perda de tempo
  • Uma sensação de que a tarefa é recompensa em si mesma, mesmo antes da conclusão

Outros psicólogos também sugeriram que um forte senso de sucesso potencial e feedback imediato, no caso dos artistas, o claro progresso que vem com cada pincelada, por exemplo, são fatores vitais.

Quando pode ocorrer o flow?

Embora a pesquisa original sobre o flow tenha sido baseada em artistas, o estado de flow pode ocorrer em uma ampla variedade de cenários, incluindo esportes, local de trabalho ou até em uma corrida noturna. A ideia é que a mentalidade flow alimenta-se pelo seguinte:

  • Objetivos claros
  • Um desafio superável
  • Uma atividade que seja desfrutável/gratificante em seu empreendimento, também conhecida como uma tarefa autotélica

Indiscutivelmente, para experimentar o estado de flow em sua forma mais verdadeira, em um grau similar ao de um artista trabalhando em sua tela, também são necessários:

  • Uma paixão ou prazer pré-estabelecido da tarefa em mãos
  • A sensação de que o seu nível de habilidade ou realização geral pode ser melhorado através desta tarefa

Você pode alcançar o estado de flow no local de trabalho?

Por mais que ame o seu trabalho, nem todas as tarefas que você realiza nele são sua paixão. Isso não significa entrar no estado de flow aqui seja impossível; Csikszentmihalyi sugere que o flow se correlaciona com a motivação, bem como a felicidade geral. Traduzido para o local de trabalho, isso significa que coisas como cultura corporativa, equilíbrio entre vida pessoal e de trabalho e seu escritório ou trabalho em casa desempenham um papel importante na criação da mentalidade flow.

O flow não pode ser alcançado se a tarefa não tiver sentido. A principal razão pela qual os pintores podem ficar tão absortos em seu trabalho é porque eles sentem um forte e pessoal senso de responsabilidade, orgulho e realização na própria tarefa. Isso significa que você e sua equipe precisam conseguir compartilhar essas características quando se trata de lidar com suas tarefas e projetos conjuntos.

Levando sua equipe rumo ao flow

Sua paixão natural pode não ser para cada tarefa que você empreende, mas, idealmente, você deve ter um desejo profundamente enraizado de fazer o seu melhor no trabalho. Isso é, no final das contas, a diferença entre saber se estamos no trabalho certo ou se precisamos mudar algo. Uma equipe colaborativa e motivada pode alcançar o flow, ou algo próximo a ele, fazendo o seguinte:

Elimine distrações

O estado de flow não acontece instantaneamente, leva tempo para se estabelecer em uma tarefa e, em seguida, um pouco mais de tempo para realmente estar totalmente centrado. Então, certifique-se de que nada vai distraí-lo desse processo. Você pode até reservar um tempo para se dedicar a ele, tente usar uma técnica de gerenciamento de tempo, como a Pomodoro, para garantir que está completamente comprometido com a tarefa em questão. Você também vai querer esconder seu telefone, silenciar notificações ou ocultar qualquer outra coisa que o distraia desnecessariamente.

Silencie sua mente

Você e sua equipe podem ser colocados em uma sala de paredes brancas, e a distração ainda pode encontrá-los. Pensamentos à deriva, tensões contínuas e todas as pequenas preocupações que vêm com a vida cotidiana podem facilmente arruinar suas chances de alcançar o flow. Outro elemento sugerido para alcançar o flow é a prática da atenção plena, onde você está verdadeiramente em sintonia consigo mesmo. Coisas como meditação diária podem ajudá-lo a acalmar sua mente, manter afastados pensamentos distraídos e se esforçar para alcançar seus objetivos.

Conheça os horários da sua equipe

Todos trabalham de forma diferente: algumas pessoas estão no máximo de desempenho logo de manhã, enquanto outras entram no ritmo depois do almoço. Tenha em mente que para que sua equipe aproveite ao máximo o flow, vocês não precisam fazer tudo isso juntos. O flow é uma experiência pessoal e é sobre você se esforçar, não é algo que um gerente possa dizer: “entre no flow agora”. Então, o segredo é ter expectativas realistas. Você também deve estar ciente dos horários de trabalho de pico em que os membros da sua equipe estão em flow para não distraí-los com um a conversa espontânea cara a car às 15h, quando você sabe que é quando eles estão mais propensos a estarem centrados.

Crie um desafio

Há uma razão psicológica válida para as pessoas perderem dias de suas vidas em videogames, enfrentando o mesmo desafio várias vezes em busca daquela sensação de êxtase e realização quando um objetivo é alcançado. Embora os videogames possam parecer a coisa mais distante do trabalho profissional, muitos dos requisitos intrínsecos de motivação para o flow estão presentes neles. Um ambiente imersivo, desafios constantes, o conhecimento de que eles podem ser superados, além da sensação constante de que você está melhorando e aprendendo novas habilidades. Na verdade, há até um videogame dedicado ao conceito de flow de Csikszentmihalyi. A lição aqui é não esperar que sua equipe entre no flow em cima de uma planilha do Excel. Você precisa definir suas tarefas de uma forma clara, bem pensada e envolvente, e atribuir tarefas que aproveitam os pontos fortes de cada membro da equipe. Lembre-se: o maior inimigo do flow é o tédio.

Prepare sua equipe para se concentrar

Assim como os videogames são projetados para serem envolventes, a configuração certa da ferramenta também pode ajudar você e sua equipe a se concentrarem, minimizando a troca de contexto e maximizando seu envolvimento. As ferramentas de espaço de trabalho inteligentes ajudam sua equipe a colaborar e trabalhar de forma exclusiva e livre, para que seus colegas possam ter controle e se expressar em seu trabalho. Um exemplo são documentos do Dropbox Paper, que permitem criar qualquer coisa, desde galerias de vídeo até linhas de tempo de projetos e listas de tarefas, tudo a partir de um modelo versátil. Isso dá à sua equipe as ferramentas de que precisa em um só lugar e a liberdade de colaborar da maneira que as pessoas acharem mais envolventes, aproximando-as de encontrar flow.

Estar esgotado não é estar no flow

Não confunda longas horas trabalhando na mesma tarefa com flow. O flow é quando você nem percebe o tempo passando, quando você está motivado pela tarefa em si e pelo trabalho que está fazendo, quando você exagera porque está muito feliz e envolvido com o que está fazendo. Por outro lado, sentar-se em uma mesa por horas e horas para fazer uma tarefa é apenas ficar esgotado por conta da necessidade.

Se sua mente está em outra coisa além da tarefa que está à sua frente ou se você não sente que o que está fazendo é relevante ou positivo, você provavelmente não está experimentando o flow. A boa notícia é que o flow em si não é uma habilidade que você aprende, é uma experiência que ocorre naturalmente e uma mentalidade que você pode ajudar a cultivar. Se algo não estiver funcionando para você alcançar o flow, reconsidere sua tarefa, abordagem ou ambiente e tente novamente.

Descubra uma maneira melhor de trabalhar em conjunto.

Introdução ao Dropbox Business