Empreendedores solo x empresários x freelancers: o que é um empreendedor solo?

O surgimento de empresas unipessoais abalou o modelo tradicional de startup. Mas o que é um empreendedor solo, e como ele se diferencia de outros empresários mais comuns? Explicamos tudo isso em nosso guia introdutório.

Uma empreendedora solo administrando seu negócio de fotografia

Não é segredo que o mundo dos negócios também tem seu próprio jargão. Quer você seja uma empresa "unicórnio" na área do capital de risco ou uma startup especializada em "Software as a Service" (SaaS), há um termo cunhado para praticamente qualquer situação.

 

Uma expressão emergente que talvez você ainda não esteja familiarizado, no entanto, é a do empreendedor solo.

 

Alimentada pela adoção global do trabalho híbrido e da "cultura de agitação", esta categoria crescente de proprietários de empresas unipessoais está mudando o que significa ser uma empresa startup.

 

Neste artigo introdutório, vamos explorar o que é um empreendedor solo, e como ele se difere dos empresários e freelancers.

 

O que é um empreendedor solo?

Simplificando, um empreendedor solo é uma pessoa que cria um negócio, do qual é o único funcionário.

 

Um empreendedor solo é tanto o proprietário quanto a força de trabalho de sua empresa. Ele é responsável por organizar, gerenciar e assumir os riscos de sua empresa, sem a ajuda de um sócio.

 

Neste ponto, você pode estar se perguntando como isso é diferente de um empresário ou de qualquer outra startup. Certamente todos os empresários são indivíduos, que começam com uma equipe de uma pessoa. Isso não os tornaria empresários solo? Não exatamente.

 

Vamos investigar os detalhes em torno do que diferencia os empreendedores solo.

Uma ilustração de uma pessoa que equilibra muitas coisas ao mesmo tempo, simbolizando a vida diária de empreendedores solo e empresários

Empreendedor solo x empresário

Embora existam semelhanças inegáveis entre os dois termos, na prática eles são muito diferentes.

 

Como muitos termos empresariais, as definições exatas são difíceis de serem definidas, e você pode descobrir que as explicações variam, dependendo de onde olhar. Dito isso, as definições a seguir são as mais amplamente aceitas:

Empreendedores solo… Empresários…
Fazem tudo na sua empresa Gerenciam e delegam tarefas
Têm foco em um negócio único Buscam novas maneiras de expandir suas ofertas empresariais
Não precisam perder muito tempo em logística Gastam muito tempo na tomada de decisões
Lidam com menos riscos financeiros Necessidade de pensar sobre folha de pagamento, benefícios e impostos

Como você pode ver, não somente existem diferenças distintas nas operações diárias de cada um, mas também na visão geral, direção e escopo de seus empreendimentos.

 

Agora que temos um resumo geral, vale a pena comparar as principais diferenças um pouco mais detalhadamente, para revelar realmente o que torna os empreendedores solo exclusivos.

 

Os empreendedores solo fazem tudo em seus negócios. Os empresários administram e delegam.

Os empreendedores solo são tanto fundadores quanto funcionários. Isso não quer dizer que eles não possam, ou não queiram, trabalhar e colaborar com outros, mas não vão contratar ninguém em tempo integral.

 

Um empreendedor solo pode trabalhar junto com um freelancer ou prestador de serviços, por exemplo, para executar certas tarefas ou cumprir prazos em um mês atarefado. Mas isso não faria parte das operações diárias da empresa. A empresa também não dependeria dessas pessoas para entregar seus principais serviços.

 

Os empresários, por outro lado, podem ter fundado sua empresa por conta própria, mas normalmente procuram crescer, gerenciar e delegar responsabilidades a outras pessoas ao longo do tempo.

 

Um caminho não é melhor do que o outro, são simplesmente duas abordagens empresariais diferentes. Por exemplo, um empreendedor solo terá mais facilidade em manter seu trabalho organizado sem colegas de equipe, mas também terá que definir e gerenciar estratégias de cibersegurança para si mesmo. Em comparação, um empresário pode ter uma equipe para administrar a cibersegurança, mas terá que prestar mais atenção para agilizar o gerenciamento de arquivos e a colaboração.

 

Os empresários se concentram no crescimento de seus negócios. Os empreendedores solo têm um único foco.

Uma grande diferença entre empreendedores solo e empresários tradicionais se resume à ambição central que sustenta os negócios.

 

Um empresário normalmente está procurando expandir seus negócios com o objetivo de vendê-los no futuro. A expansão é considerada um sinal de sucesso para um negócio gerido por um empresário.

 

Com os empreendedores solo, o crescimento não é o foco. Em vez disso, a empresa é um projeto baseado em uma paixão própria que paga suas contas e traz felicidade, sem a necessidade ou o plano de uma saída estratégica.

 

Por exemplo, um empresário pode iniciar um negócio de restaurante com um pequeno investimento e um único local. Com o tempo, traça uma estratégia de crescimento que permite que os negócios se expandam para novos locais, uma vez que certos marcos importantes tenham sido atingidos. O empresário espera um dia vender a franquia do restaurante aos investidores, para que possa passar para outras ideias que já está elaborando.

 

Enquanto isso, um empreendedor solo em início de carreira tomou a decisão de estabelecer seu negócio de fotografia freelance. Tudo começou como um hobby, mas se tornou lucrativo o suficiente para proporcionar um fluxo constante de renda, juntamente com os benefícios e a flexibilidade do trabalho autônomo. O empreendedor solo não está focado em transformá-lo em um império da fotografia, ele só quer trabalhar em seus termos e garantir que seu modelo de negócios seja sustentável.

 

Os empresários gastam muito tempo na tomada de decisões. Os empreendedores solo não precisam fazer isso.

Os empresários, pela natureza de seu foco no crescimento, precisam tomar decisões frequentes, muitas vezes críticas para os negócios. Seus empreendimentos têm mais partes móveis, cada uma das quais tem implicações que influenciam qualquer decisão.

 

Se um empresário criasse uma agência de marketing e procurasse expandir, por exemplo, talvez precisasse considerar como expandir. Isso poderia envolver a busca de espaço adicional para escritórios ou a adoção de um modelo híbrido de trabalho. Se algum membro da equipe trabalhasse remotamente, ele também poderia procurar maneiras de garantir que sua equipe pudesse maximizar a produtividade, não importando onde estivesse sediada.

 

Para os empreendedores solo, a tomada de decisão é uma escolha relativamente simples e pessoal. Por exemplo, um empreendedor solo consultor de marca trabalha de casa e ocasionalmente em um espaço de trabalho colaborativo. Ele não precisa pensar na cultura dos funcionários, nas exigências de espaço nem em outros fatores porque é o único funcionário.

 

Os empreendedores solo lidam com menos riscos financeiros. Os empresários precisam pensar na folha de pagamento, nos benefícios e nos impostos.

Não é só a tomada de decisão que é mais fácil para os empreendedores solo, as finanças também são.

 

Já os empresários, precisam ter o controle de uma infinidade de fatores financeiros: folha de pagamento, benefícios e impostos são apenas alguns exemplos. Sem falar no armazenamento apropriado de arquivos para garantir que todos possam acessar documentos financeiros quando necessário.

 

Embora o planejamento financeiro, o gerenciamento de impostos e outras tarefas financeiras ainda estejam muito presentes para os empreendedores solo, estes fatores são muito mais simples quando dizem respeito a apenas com uma pessoa.

Um empreendedor solo trabalhando em seu trailer, administrando seus negócios remotamente.

Um freelancer é um empreendedor solo?

Depende para quem você fizer a pergunta.

 

Como conceito emergente, sem dúvida, os empreendedores solo compartilham semelhanças com os freelancers, mas as opiniões diferem de pessoa para pessoa.

 

Para alguns, um freelancer é apenas um freelancer até que seus negócios cresçam até determinado tamanho. Então se torna um empreendedor solo porque é visto como administrador de um negócio, enquanto o freelancer é visto mais como prestador de serviços com uma pequena base de clientes.

 

Entretanto, quando nos referimos à nossa definição anterior, sabemos que um empreendedor solo é um indivíduo que estabelece e dirige seus negócios, sem ajuda. Se é isto que um freelancer está fazendo, então ele pode, e deve, ser considerado empreendedor solo.

 

Pode ser mais fácil pensar nisso assim: embora alguns freelancers sejam empreendedores solo, empreendedores solo não são necessariamente freelancers. Um designer gráfico freelance que trabalha em tempo integral para uma lista de 10 clientes fixos é um empreendedor solo? Mais do que provável que sim. Você consideraria um negócio unipessoal de cuidar de cães como freelancer? Provavelmente não.

 

Em última análise, essas nuances e definições não devem definir você ou sua empresa. Elas devem meramente guiar você no caminho para compreender os objetivos e, portanto, as práticas, de seu empreendimento.

Ideias de empreendedores solo para inspirar você

Se as possibilidades de um empreendedorismo solo fazem seus olhos brilharem, mas você precisa de inspiração para saber por onde começar, podemos ajudar.

 

Veja aqui estão quatro modelos de negócios comuns de empreendedores solo que você mesmo pode começar.

 

Iniciar um negócio de comércio eletrônico

As empresas de comércio eletrônico estão centradas na venda de bens de consumo pela internet.

 

Elas são perfeitas para empreendedores solo, já que não há necessidade de uma localização física, como uma loja de cimento e tijolo. Como resultado, há uma necessidade reduzida de funcionários adicionais, como o pessoal do varejo. Você também pode automatizar muitas atividades e processos de comércio eletrônico, de modo que não é necessário processar manualmente cada pedido que chega.

 

Uma prática que abrange particularmente a mentalidade do empreendedor solo no espaço de comércio eletrônico é o "dropshipping". Se você nunca ouviu falar disso antes, o dropshipping é um novo modelo de venda on-line. O vendedor não mantém nenhuma mercadoria em estoque, mas, em vez disso, quando chega um pedido, faz a encomenda ao fabricante.

 

Com o dropshipping, você pode efetivamente administrar um negócio de comércio eletrônico com poucas despesas gerais. Isso permite que você se concentre menos no lado operacional de seu negócio, e mais na elaboração de seu catálogo de produtos e na geração de consciência.

 

Experimente trabalhar como freelancer

Como descrito anteriormente neste guia, as linhas entre freelancers e empreendedores solo são, no mínimo, pouco nítidas.

 

Tipicamente, o termo freelance se refere a funções que se concentram em dar suporte a empresas que de algum modo lidam com design, desenvolvimento ou produção. Você pode trabalhar como freelancer sendo escritor, designer gráfico, compositor musical ou uma das muitas outras funções das quais as empresas têm uma necessidade intermitente.

 

Para encontrar uma posição de freelancer na qual você se enquadre, considere suas paixões e habilidades. Você é um escritor confiante? Uma função de redação pode funcionar bem para você. Você tem anos de experiência trabalhando em determinada linguagem de programação? Você poderia trabalhar como desenvolvedor freelancer.

 

Se você tem uma habilidade necessária para as empresas, e se elas estão dispostas a pagar pelo seu serviço, é um bom sinal de oportunidade de empreendedor solo.

 

Ao trabalhar como freelancer, é importante lembrar que você está se integrando a uma equipe e precisará demonstrar que é capaz de compartilhar e colaborar efetivamente com seus novos colegas. Se você for prestar serviços como editor de vídeo, por exemplo, precisará ter certeza de conseguir obter feedback sobre as edições de vídeo sem interromper o fluxo de trabalho.

 

Considere consultoria e coaching

Você não precisa apenas pensar em entregar um trabalho para as empresas.

 

Se você é especialista em seu campo e tem a combinação certa de experiência e confiança, dar consultoria ou fazer coaching também é uma boa opção.

 

Tem menos a ver com a produção de um ativo cujas características foram passadas para você e mais com a contribuição enriquecedora do seu conhecimento e da sua experiência sobre uma área determinada para ajudar as empresas a tomar decisões embasadas.

 

Você pode, por exemplo, ter ampla experiência em identidade de marca e estratégia de design. Você pode usar essa experiência para se estabelecer como um empreendedor solo consultor de marca, ajudando as empresas a entender por que estão tendo dificuldades em repercutir no respectivo público e como podem mudar isso.

 

Renda passiva

Uma última área a ser considerada é a da renda passiva.

 

Simplificando, a renda passiva é o conceito de gerar uma renda regular, ao mesmo tempo que requer um mínimo de mão de obra, ou nem isso.

 

Exemplos tradicionais de renda passiva podem incluir riqueza gerada por investimentos, royalties ganhos em obras criativas ou renda de uma propriedade alugada.

 

Mas, no mundo em constante mudança dos "trabalhos secundários" e com o aumento da automação, há mais oportunidades do que nunca para criar renda passiva. Você pode desenvolver um aplicativo, começar a vender fotos de estoque ou criar uma loja de impressão sob demanda, as possibilidades são vastas.

Uma empreendedora solo administrando seu negócio direto do conforto de sua própria casa

Trabalho solo, mas nunca sozinho

Você pode cuidar de tudo em seu negócio solo, mas todos os dias você precisa de um lugar para reunir você, seu trabalho e seus clientes.

 

O Dropbox foi projetado para tornar seu dia de trabalho o mais colaborativo possível. Quer você esteja trabalhando sozinho em um projeto ou queira convidar os clientes para um espaço para receber feedback sobre o trabalho que entregou, o Dropbox tem um recurso para ajudar.

 

Compartilhamento de arquivos e armazenamento em nuvem simples e seguros seriam apenas a ponta do iceberg. Apenas espere até começar a colaborar em tempo real entre distâncias enormes ou obter feedback e anotações ao vivo sobre seu mais recente projeto de vídeo. Você pode até mesmo configurar o backup automático de todo o seu computador, no caso de o pior acontecer e você precisar restaurar seus arquivos mais tarde.

Descubra um espaço para todo o seu trabalho.

Experimente o Dropbox hoje