Como fazer upload e organizar fotos para a nuvem como um profissional

Siga nosso guia passo a passo para fotógrafos profissionais e sabia como enviar fotos para nuvem e organizá-las.

Jul 09, 2021
Mulher sentada no sofá olhando para a tela do laptop

Provavelmente você já percebeu que ter uma biblioteca de fotos bem organizada e acessível facilita muito o trabalho com clientes, especialmente quando se armazena tudo na nuvem. Porém, colocar essa percepção em prática já são outros quinhentos, principalmente quando trabalhamos com prazos apertados. Felizmente, enviar e organizar imagens digitais com serviços de armazenamento em nuvem, como o Dropbox, é tão fácil quanto mover os arquivos da câmera para o computador. A chave para o sucesso é manter a organização do início ao fim.

Armazene fotos na nuvem

A maneira mais básica de utilizar o armazenamento em nuvem é tratá-lo como um disco rígido externo que pode ser acessado de qualquer dispositivo, em qualquer lugar. Basta salvar suas fotos em uma pasta que fica on-line. Seja no Dropbox ou em outro serviço de armazenamento em nuvem, você poderá acessar e compartilhar suas imagens sem precisar carregar um disco rígido externo volumoso.

Envie o rolo da câmera automaticamente

Uma maneira ainda mais fácil de garantir que todas as suas fotos sejam armazenadas com segurança na nuvem é configurar o envios da câmera. Quando esse recurso está ativado, assim que você conecta sua câmera, seu cartão SD, seu smartphone ou seu tablet as fotos são adicionadas automaticamente à nuvem. O recurso envios da câmera, ao copiar no Dropbox, renomeia automaticamente os arquivos para aaaa-mm-dd hh.mm.ss.jpg, com base em dados EXIF. Para começar a usar os envios da câmera, é fundamental ter definida a estrutura da sua organização, para não ser uma bagunça gigante e avassaladora na hora de fazer as seleções.

Organize sua biblioteca de fotos como um profissional

Os fluxos de trabalho de fotógrafos profissionais diferem dependendo do orçamento e da tecnologia. Seja você um veterano experiente com um bom orçamento ou um novato com sua primeira câmera, é essencial adaptar a maneira como organiza sua biblioteca de fotos às suas necessidades específicas.

Denominação de pastas e fotos

Diferente dos usuários comuns, os fotógrafos costumam enviar centenas de fotos de uma vez. Com isso, renomear cada foto é um processo extremamente demorado. Além disso, como você editará muitas das imagens, manter o nome da imagem padrão ou o nome fornecido automaticamente ao usar o recurso envios da câmera é útil para a continuidade entre as versões.

É crucial estabelecer uma convenção de nomenclatura de pasta consistente e segui-la à risca. Um bom ponto de partida é dividir e denominar as pastas principais por ano, cada um reunindo subpastas divididas e denominadas por mês. Em cada uma dessas subpastas, você pode dividir e denominar as pastas por cliente e depois por título de trabalhos específicos.

Por exemplo: 2019 > 08-2019 > Ortiz > Cerimônia de casamento

Em cada trabalho, você pode adicionar mais subpastas para diferentes dias, locais, pessoas, etc. A subpasta final e muito importante é para suas seleções. Provavelmente, esta será a pasta que você compartilhará com os clientes durante o ciclo de revisão, portanto, é preciso garantir que possa ser encontrada sempre e que contenha apenas imagens que deseja compartilhar.

Você pode até adicionar hashtags pesquisáveis às suas fotos para encontrar o que precisa rapidamente. Use tags como #verão ou #2021 em fotos individuais ou em toda a pasta para catalogar projetos importantes. 

RAW x JPEG: você deve armazenar tudo na nuvem?

Arquivos RAW (.CR3 para Canon, .ARW para Sony, .NRW para Nikon, só para citar alguns) têm entre 20 MB e 40 MB por imagem. JPEGs têm entre 2 MB e 15 MB. Se você não tem muito espaço disponível no serviço de armazenamento em nuvem, uma foto de imagens RAW pode ocupar todo o seu armazenamento. Somente enviar os JPEGs pode economizar muito espaço. Há uma desvantagem: os arquivos JPEG não são de alta qualidade e compartilhá-los pode levar à perda de geração.

Tudo on-line, sempre

Se você tem muito espaço de armazenamento na nuvem, faz mais sentido manter todas as suas imagens armazenadas on-line. Dessa forma, você pode evitar o incômodo e acessá-las de qualquer dispositivo sem precisar se preocupar com qual computador ou disco rígido você as salvou. Você também tem a vantagem de não precisar separar RAW, JPEG ou seleções para economizar espaço. Tudo está onde você precisa, o tempo todo.

O Dropbox permite que você visualize mais de 30 tipos de arquivos de imagem diferentes, incluindo a maioria dos arquivos RAW. Você pode visualizar previamente os arquivos da Adobe diretamente no navegador sem precisar fazer exportação nem usar software especial. Você pode até fazer com que o Lightroom e o Photoshop sincronizem automaticamente todas as suas fotos com a nuvem.

Reúna tudo no Dropbox

Agora que você sabe como enviar e organizar tudo, vai precisar de muito armazenamento em nuvem seguro e confiável para todas as suas fotos. O Dropbox Professional vem com 3 TB de armazenamento e outras ferramentas úteis.

Leve sua fotografia a um novo patamar.

Conheça o Dropbox Professional