Compressão de vídeo: como compactar vídeos

Vídeos grandes e limites de anexos pequenos podem interromper um projeto em andamento. Veja como a compactação de vídeo pode ajudar.

Uma pessoa gravando um vídeo de música que exigirá compactação

Por que compactar arquivos de vídeo?

A tecnologia é algo maravilhoso, mas ainda há algumas coisas que podem fazer até mesmo a pessoa mais experiente no assunto ficar um pouco ansiosa. Compartilhar vídeos de alta qualidade entre equipes e clientes pode ser frustrante, pois o tamanho dos arquivos de vídeo, na melhor das hipóteses, é volumoso. Compactar seus vídeos soluciona esse problema.

O que é compressão de vídeo?

Compactar um vídeo é uma maneira de reduzir o tamanho do arquivo. Infelizmente, quase todos os métodos de compartilhamento de arquivos, de e-mail a mensagens instantâneas, têm limites de tamanho de arquivo. Isso significa que o vídeo não se ajusta à mensagem ou, caso se ajuste, o destinatário pode ter que encarar um longo período de download pela frente. Essencialmente, compactar seu vídeo corta um belo pedaço do tamanho necessário para o arquivo. No entanto, isso geralmente significa que a qualidade geral será afetada. Dependendo do tamanho original, essa perda de qualidade pode nem ser perceptível, mas tudo depende de quão pequeno o tamanho do vídeo precisa ser.

Como funciona a compactação de vídeo?

A compactação de vídeo ocorre pela remoção de imagens e sons repetitivos conforme determinado pelo algoritmo de codec. Para o olho humano, essa perda dificilmente é perceptível. Pense em como um filme de Hollywood vai do tamanho da tela de cinema para um DVD, podendo ser reproduzido em qualquer TV doméstica sem atraso. Você só começará a ver a compressão causar estragos na qualidade de exibição se quiser reduzir um arquivo para um tamanho muito pequeno, mantendo a resolução. É quando as imagens começam a ficar "pixeladas", "granuladas" e, geralmente, não são visíveis.

Como posso compactar um vídeo para compartilhamento?

A maioria dos programas de edição de vídeo, como o iMovie para Mac ou o Windows Video Editor para Windows, vem com um compressor de vídeo integrado. Como alternativa, você pode enviar seu vídeo em um arquivo compactado ZIP, mas isso exigirá que seu destinatário faça o download dele no final.

Esses programas exigem que você abra seu vídeo, geralmente clicando em "abrir" ou "importar". Em seguida, a exportação os converte em um novo tipo de arquivo. A maioria dos programas de edição de vídeo permitirá que você escolha o formato de arquivo resultante, incluindo MP4, AVI, MOV e WMV. Se o vídeo for longo, levará muito tempo para ser compactado, então você poderá perder muito tempo se exportar como o formato de arquivo errado. Como alternativa, você pode enviar seu vídeo descompactado para o Dropbox e compartilhá-lo sem se preocupar com a compactação.

O que é um byte?

Um byte é uma unidade de medida usada para arquivos digitais. Em geral, você verá arquivos medidos em kilobytes, megabytes, gigabytes e terabytes:

  • Kilo: 1024 bytes
  • Mega: 1024 kilobytes
  • Giga: 1024 megabytes
  • Tera: 1024 gigabytes

Então, essencialmente, se o seu arquivo estiver na faixa de gigabytes, você vai querer reduzi-lo na faixa dos megabytes.

O que é um codec?

Codecs são o código usado para compactar seu vídeo. Essencialmente, eles reduzem seu arquivo para armazenamento e depois os descompactam novamente quando você estiver pronto para visualizá-los. Codecs geralmente funcionam automaticamente dentro do programa de sua escolha, então você não precisa se preocupar com eles. Se precisar converter o codec de um vídeo, você pode usar um software de transcodificação, como o Handbrake. Tudo o que é necessário saber é que, sem codecs, o tamanho do seu arquivo seria, pelo menos, de três a cinco vezes maior.

Às vezes, você precisa saber qual codec escolher, por isso é útil conhecer os seguintes tipos de codec:

  • MPEG: um dos códigos mais utilizados, MPEG e seus derivados, incluindo MPEG-1 e MPEG-4, resultam em reprodução de vídeo de alta qualidade mesmo após a compressão.
  • ProRes: um codec usado em softwares como iMovie da Apple, o ProRes, como o nome indica, dá uma fantástica resolução de cores.
  • WMV: a Microsoft afirma que o WMV oferece melhor qualidade do que o MPEG-4. Se você estiver usando um software de edição de vídeo no Windows, é provável que esse seja o codec que ele usará.

AVI é um codec?

Não, um AVI é um contêiner que dita a extensão do arquivo de vídeo. Os contêineres são como envelopes que contêm os codecs. Portanto, embora um AVI e um MP4, por exemplo, sejam tipos de arquivo/contêineres, eles não são codecs. Mas ainda fazem a diferença. Os MP4s geralmente são menores do que os AVIs devido a uma melhor taxa de compactação.

Qual é o tamanho de um arquivo de vídeo compactado?

O número preciso de bytes necessários para o arquivo dependerá de vários fatores, incluindo:

Formatos de vídeo

Os tipos de vídeo podem afetar o tamanho e a qualidade geral. Veja a seguir todos os tipos de arquivos de vídeo:

  • MP4
  • AVI
  • FLV
  • MOV
  • WMV

Sem deixar muito complexo, alguns tipos de arquivos oferecem codecs melhores, ou seja, o processo usado para compactar seu vídeo. Um MP4, por exemplo, se convertido em um arquivo FLV, será um arquivo maior no geral, pois os codecs de um FLV são menos eficientes e resultam em menos compactação e redução de arquivos.

Duração do vídeo

Um vídeo de um minuto será menor do que um vídeo de uma hora. Ainda assim, sua escolha de tipo de arquivo também pode afetar a proporção entre o tamanho do vídeo e o tamanho do arquivo.

Taxa de quadros

A taxa de quadros ou FPS (quadro por segundo) afeta a qualidade do vídeo, com vídeo HD usando um mínimo de 24 FPS. Quanto mais quadros você tiver, mais detalhes terá e maior será o seu arquivo. 

Resolução de vídeo

Um vídeo de alta resolução tem um tamanho de exibição maior e geralmente um tamanho de arquivo maior. Se o seu vídeo for 480p, isso significa que ele foi projetado para ter uma exibição geral menor em 852x480 pixels. Um vídeo de 720p entra no reino do HD a 1280x720. 

Para um vídeo de 1 minuto:

  • Ultra HD ou 4K (3840x2160): tamanho de arquivo de 2 GB
  • Resolução 2K (2048x1080): tamanho do arquivo de 430 MB
  • 1080p ou Full HD (1920x1080): tamanho do arquivo de 403 MB

O Dropbox simplifica a compactação e o compartilhamento de vídeo

Felizmente, você não precisa se preocupar muito com bytes e formatos para enviar com sucesso um vídeo longo com o Dropbox. O Dropbox é compatível com os seguintes formatos de arquivo de vídeo, e vai compactá-los automaticamente para visualização em seu dispositivo, com a opção de baixá-los com qualidade total, caso deseje:

  • AVI
  • MKV
  • MP4
  • MPG
  • MOV
  • WMV
  • OGV
  • 3GP

Desde que o tamanho do arquivo seja inferior a 50 GB, a pré-visualização será exibida como um vídeo sofisticado. Você pode enviar vídeos de seu celular (iOs ou Android), desktop (Apple, Windows ou Linux) ou tablet, compartilháveis via link adicionado a um e-mail, texto ou bate-papo. Seus destinatários nem precisam de uma conta do Dropbox e podem visualizar o vídeo sem baixá-lo. Além disso, não há limite de tamanho no vídeo que você pode enviar, portanto, sem problemas para compactar e recompactar seu arquivo.

Aumente sua eficiência com o Dropbox

O Dropbox facilita o compartilhamento de arquivos com segurança em tempo real. Dê acesso a pastas compartilhadas para compartilhamento instantâneo, sem download demorado. Você pode enviar o link de compartilhamento para qualquer pessoa, independentemente de ela ter uma conta do Dropbox ou não. Isso significa que nada vai atrapalhá-lo se você estiver trabalhando em um projeto de vídeo criativo, compartilhando uma apresentação ou apenas quiser enviar um vídeo engraçado a um amigo.

Descubra uma maneira melhor de trabalhar em conjunto.

Introdução ao Dropbox Business